segunda-feira, 27 de julho de 2009

Epilepsia Canina. Alex e o Gardenal


Verdade, sim. Alex sofre de epilepsia e já teve convulsões fortíssimas que precisam ser controladas na base de Gardenal (fenobarbital), que ele toma a cada 12 horas, sem falta. A doença manifestou-se quando ele tinha apenas dois aninhos de idade, e quase nos matou de susto aqui em casa, pela violência dos ataques, especialmente por ele sempre ter sido um animal muito tranqüilo, calmo e saudável.

Alex não tem nem mesmo pulgas, sempre tomou todas as vacinas em dia, sejam as obrigatórias, sejam as opcionais, é desverminado a cada três meses e objeto de cuidados extremos com higiene e alimentação. Mesmo assim, como muitos outros cães, ele não escapou desta.

Se você possui um cachorrinho epiléptico, cuide dele com ainda mais carinho. Epilepsia não é contagiosa, portanto “não pega” nem mesmo pela “baba”, como algumas pessoas pouco esclarecidas acreditavam no passado. Nem sempre o animal perde a consciência na hora dos ataques, por isso é comum que se apavorem quando sofrem as convulsões. Urinam-se e, às vezes, ocorre também defecação. Há salivação abundante, e eles emitem uma espécie de ronco. É muito feio assistir a uma crise do tipo violento, como eram as que acometiam Alex. Todo o corpo sofre alterações musculares e fica rígido, com movimentos involuntários. Quando a doença apareceu, Alex sofria convulsões das mais violentas. Num só dia, teve mais de vinte e quase morreu. Hoje está livre delas há quase três anos, mas a medicação é sagrada. Ministrada todos os dias, com intervalo de doze horas.

O caso do Alex, ― que foi cuidadosamente avaliado, ― é de epilepsia hereditária, congênita, embora a doença possa ser adquirida em alguns casos. A dose do remédio (Gardenal Infantil em gotas) está sendo gradual e muito lentamente diminuída. Ele já precisou de doze gotas duas vezes ao dia. Felizmente agora se mantém livre das convulsões com a metade disso. Como ele ainda não fez nem cinco anos de idade, é importante que consiga manter-se com ainda menos que isso, pois os fenobarbitúricos, com o tempo, causam lesões hepáticas. É preciso dedicação para fazer-se presente na hora certa e não negligenciar o tratamento, porque, se as convulsões porventura retornarem, será preciso aumentar a dose da medicação e fazer um novo ajuste.

O diagnóstico inicial de epilepsia implica num período de adaptação e de experiência, para que se descubra qual é a dose mínima capaz de evitar os ataques, sem gerar um estado geral de prostração do animal.

Se o seu cachorrinho sofrer uma convulsão, socorra-o imediatamente e procure protegê-lo para que ele não se machuque, o que pode acontecer se ele cair ou se bater. Pegue-o no colo com cuidado e leve-o para um lugar longe da luz e o mais silencioso possível, para evitar estímulos que possam desencadear novas crises. Observe se ele não está sufocado, procurando deixar livre a boca e a laringe, para que ele possa respirar. Se ele perder a consciência, não vai reconhecê-lo. Mesmo assim, seja carinhoso e tranqüilize-o com sua presença, para que ele se recupere e logo se tranqüilize.

Epilepsia? Triste, sim. Chato mesmo, mas também não é o fim. Seu cachorrinho pode levar uma vida normal e saudável, desde que possa contar com você, com o seu amor, carinho e dedicação, enfim, com atitudes que ele, melhor do que qualquer outro ser, sabe retribuir. Ame seu cachorro, na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença. Ele, com toda certeza, merece.

82 comentários:

  1. Ola...gostei do seu POST.

    Tenho uma cadelinha com 10 anos e nesse ano ela começou a ter varias convulçoes, mas nao sabiamos oq era exatamente. Achavamos q isso acontecia pq ela sentia alguma dor na boca, ai o veterinario disse q poderia ser problemas na boca, entao fizemos uma cirurgia e tiramos os dentes com problemas. Exames de Sangue, do coraçao, raio X, etc etc e varios outros . Ela ja estava quase se recuperando e veio outra crise entao ele passou 8 gotas de gardenal. Fiquei com medo de usar mas lendo esse seu POST, resolvi q realmente temos q dar ao animalzinho com o problema. Grato e melhora para todos os animais do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anderson!
      Lamento que seu bichinho de e estimação tenha passado por tudo isso... Alex continua com Gardenal e sem crises. Obrigada por escrever para a gente, abraços!

      Excluir
    2. Olá, apesar de muito triste, foi bom encontrar este POST...tenho uma cadela pitt bull, Sarah que fará 3 anos nos próximos dias. Bom, Sarah tem sarna dermodécica, e, infelizmente, foi diagnosticada tardiamente, por causa de veterinários ruins,que além de dizerem que ela tinha "alergia de pele", transcreveram remedios, shampoos que só fizeram-na piorar, Sarah ficou literalmente em carne, osso e sangue... mas deu tudo certo, encontrei um excelente veterinario, que a diagnosticou corretamente. Aí depois, Sarah caiu de uma altura de quase 5 metros...nao acreditava, ela ja estava tão bem! Não quebrou nada, nem se feriu muito...e um mes atras, começou a ter convulsões...sim, ela também sofre de ataques epiléticos, ministrados com gardenal. Apesar de triste, foi muito reconfortante ler seu POST, me ajudou, reconfortou e deu muita força...Obrigada. E que todos eles fiquem bem.

      Excluir
    3. Querida Aline! Obrigada por deixar para a gente uma mensagem tão bonita. Sarah tem sorte de ter uma dona tão amorosa e afetiva. Estamos torcendo por ela. Um grande abraço para você, para Sarah e para toda a sua família!
      Mana e Alex

      Excluir
  2. NOSSA QUERIDA SOL A M 3 MESES TEVE A 1º CRISE, ACHAMOS Q TINHA TOMADO VENENO ATÉ FOI DADO DESINTOXICANTE, MAS UM MES DEPOIS TEVE OUTRA E NO ULTIMO DOMINGO MAIS UMA...O QUE FICOU COMPROVADO ELA É EPILÉTICA, A VETERINARIA VAI LÁ OLHAR ELA HOJE E DAR O DIAGNOSTICO...AMAMOS MUITO ELA PRINCIPALMENTE MEU FILHINHO DE 2 ANOS Q FOI PRATICAMENTE CRIADO COM ELA, POIS ELA VAI FAZER ANOS AGORA EM FEVEREIRO...

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Espero que a Sol fique bem! Sei o quanto é difícil, mas Alex hoje vive muito bem, tomando Gardenal a cada 12 horas, numa dose mínima (apenas 3 gotas). Abraços a vocês todos! Que a Sol fique bem! Mande notícias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho um filhote com esse diagnostico. Toda vez que ele convulsiona, eu choro. Enrolo numa toalha e fico com ele no colo ate a crise passar. Vou iniciar o tratamento com gardenal. Como devo ministrar as gotinhas de gardenal ? Abro a boca e pingo na lingua dele? O vet eh do tipo pratico, filhote com defeito deve ser eliminado. Eu nao vou fazer isso. Se ele veio ao mundo dessa maneira, existe um proposito nisso Aguardo seu post. Obrigada. N

      Excluir
  4. meu cachorro tem 16 anos. dashund. ele nao tem epilepisia, pois o vet falou q ele começou com convulsoes depois de idoso. sempre evitaram o gardenal, pois as convulsão se davam de 4 em 4 meses. só que tem ficado muito frequente. hoje o vet deu gardenal, só que ele passou o dia sedado, chorando. amo tanto ele. nao sei oq faço. o vet acompanha bem ele, só que a idade nao ajuda. o gardenal é assim mesmo?

    ResponderExcluir
  5. Oi, Anônimo...
    Sinto muito pelo seu querido dashund. Consola saber que, com 16 anos, ele vem tendo uma vida confortável e é muito amado. Sim, é normal, no início, com o ajuste das doses, que eles apresentem alterações no comportamento. Espero que dê tudo certo!
    Boa sorte para você!

    ResponderExcluir
  6. Olá! Meu cachorro Lucky também é epilético, tem uma vida normal, até sábado tomava 200mg de Gardenal e 1g de brometo de potássio, e está há 2 anos sem crise, ocorre que em função de um hipotireoidismo, tivemos que abaixar a dose de Gardenal dele a mando do vet. Li que o Alex já diminuiu a dosagem dele, e gostaria de saber se ele voltou a convulsionar depois disso e se sim, quanto tempo após a mudança na dosagem isso aconteceu. Beijos e obrigada! Ah, Alex é lindo! Laisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como voce conseguiu o brometo de potassio. mInha cachorrinha é epeletica ha 2 anos, as cirses estao ficando incontrolaveis e uma salvaçao seria o brometo de potassio. por favor me informe onde achou, estou desesperada, me ajude pleo amor de deus.

      Excluir
  7. Oi, Laisa! Obrigada pelos elogios ao Alex. Ele é mesmo lindo!A resposta é SIM! Alex voltou a convulsionar, quando teve de diminuir a dose de Gardenal. Foi reduzida pela metade de uma só vez e, nem uma semana depois, ele voltou a ter crises terríveis. Precisou aumentar ainda mais a dose e, depois disso, comecei a diminuir muito, muito, muito, muito lentamente. Ele tomava 14 gotas duas vezes ao dia. Fui tirando uma gota de cada vez a cada sete dias. Hoje toma apenas 3 gotas a cada 12 horas. E nunca mais teve convulsões. Felicidades e muita saúde para o Lucky!

    ResponderExcluir
  8. Baixamos o remédio do Lucky tem 6 dias, e até agora nada! A primeira vez que tentamos, no mesmo dia, ele teve 10 convulsões! Falei com veterinário dele agora à noite, e ele acha que se ele não convulsionou até agora, é sinal de que não teremos surpresas desagradáveis. Espero que assim seja! Dou notícias e mando uma foto dele pra você. Lucky também é muito amado! Beijos em você e no Alex!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enviei uma foto do Lucky para o seu e-mail!

      Excluir
    2. gente, tenho uma salsichinha, ela mesmo tomando remédio continua tendo crises e passa um bom tempo andando de m lado pro outro, tento reduzir o espaço dela andar. gostaria de dadr alguma coisa pra ela dormi.

      Excluir
    3. Oi, Viviane!
      O melhor é perguntar ao vet da salsichinha...
      Abraço, e obrigada por escrever!

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Olá, também tenho uma cachorra com epilepsia! A Chica fará 3 anos em fevereiro deste ano e desde o primeiro Natal, começaram suas convulsões. Acredito que seja pelo medo que ela tem fogos de artifícios. Ela tinha convulsões uma vez a cada três meses, mais ou menos. Também foi receitado o Gardenal. Ela tomava 1/4 do comprimido de 50mg duas vezes ao dia. Depois aumentou para 1/4 pela manhã e 1/2 à noite. Depois, ela tomou 1/4, duas vezes ao dia, de um comprimido de 100mg.
    Nesta quinta, ela teve duas convulsões seguidas, às 8h +/- e depois por volta das 11h. Que desespero!!! A segunda não estava por perto, já havia saído para o trabalho. A veterinária nas duas vezes havia pedido para dar meio comprimido de 100mg após a convulsão. Por volta da 1h da manhã de quinta para sexta, ela teve outra convulsão só que dessa vez a língua enrolou... e parecia que faltava ar...fiquei muito desesperada! Por sorte, meus irmãos levantaram me ajudar e socorrem-na, é um medo de perdê-la que toma conta! Não conseguia falar com a veterinária e, e uns 40 min depois ela me atendei e receitou um comprimido (100mg) inteiro desta vez. Depois meio comprimido duas vezes ao dia mais o Gabapentina, que comecei ontem. Dei 3 cápsulas até agora. Graças a Deus, ela não teve mais convulsões até agora. E estou observando-a junto ao novo remédio. Tenho um sobrinho de 8 meses e minha irmã voltou a morar em casa. Minha irmã que a pegou... e a veterinária desconfia que poder ser ciúmes do meu sobrinho também... O que mais me apavora além do meu medo que, confesso, é difícil lidar com ele. É ouvir as pessoas dizendo que ela vai morrer logo :(
    Gisele

    ResponderExcluir
  11. Gisele, querida...
    Acredite: eu sei exatamente o que você está sentindo e o que você está passando. Confie na veterinária. Ela está fazendo o melhor que pode. Sei o desespero que é, para a gente, assistir a crise e não saber o que fazer, mas ela passa. A Chica tem apenas 3 anos, é jovem, forte, e não vai morrer, não. O remédio vai segurar as crises e, espero, tudo vai melhorar para você. Não creio que as crises sejam causadas por ciúmes ou por ruídos. Alguns cachorrinhos simplesmente apresentam o quadro a partir de algum tempo e, então, é preciso lidar com isso da melhor maneira possível. Não tem cura, mas tem tratamento. Espero que tudo dê certo para a Chica e para você. Obrigada por escrever para nós, contar sua história, dar testemunho de seu amor. Confiar no veterinário também é importante. Eles também entendem o que sentimos.
    Grande abraço,
    Maristela

    ResponderExcluir
  12. Obrigada, Maristela por ter respondido e pelo apoio!! =))
    Achei este artigo na internet, olhe este trecho: "2.3. Na Epilepsia Idiopática não há alteração patológica que justifique o
    processo. Os exames clínico e neurológico são normais entre as convulsões
    (diagnóstico por exclusão). Neste tipo de epilepsia, com freqüência o animal
    tem crises convulsivas durante o sono ou quando está descansando. A
    Epilepsia Verdadeira ou Hereditária é observada em cães das seguintes raças:
    Pastor Alemão, São Bernardo, Beagle, Setter, Poodle Toy, Fox Terrier, Cocker
    Spaniel e Husky Siberiano. Nós também temos encontrado com grande
    freqüência em cães da raça Daschund."
    Fonte:http://www.veterinariosnodiva.com.br/books/introducao-a-neurologia-veteronaria-convulsoes.pdf

    A Chica é filhote de beagle. E todas as vezes deram enquanto dormia ou tinha acabado de deitar no nosso pé e começava a dormir... Espero que possa ajudar a todos!!! Obrigada pelo apoio! Boa sorte a todos! Que Deus guarde nossos cachorros!!!

    ResponderExcluir
  13. Eu é que sou grata a você, Mary Jane, por compartilhar com a gente os seus sentimentos, afetos e apreensões. Sua colaboração é muito oportuna também, e com certeza muito útil! Beijos para você e para a Chica! Volte sempre!

    ResponderExcluir
  14. Ola! Nossa gente, tbm tenho uma cadelinha, que hoje esta muito mal devido as crises de epilepsia. A veterinaria aumentou a dose para 2 comprimidos de 100g ao dia, e retirou o brometo, porem minha cachorrinha pararou de andar, e a ainda sim deu 5 crises seguidas. Agora ela esta sob efeito de diazepam, tomando vitamins pros neuronios e corticoides para aumentar a imunidade, além do brometo de potassio e gardenal. estou muito triste, com medo que ela não volte a andar, que tenha atacado seu sistema motor..... Ela chama Pandora, tem 5 anos, e é meu xodó! Já não sei mais o que fazer, pq cuido muito dela...estou esperando uam melhora. Se alguém souber de um caso parecido, por favor me diga. Quero que minha cachorrinha volte a andar e seja ativa , linda e feliz! ;(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Sinto muito pela Pandora. Não sei o que dizer, pois Alex toma apenas Gardenal e controla as crises com isso. Toma sempre em gotas, pois é mais fácil de acertar a dose. Diazepan? Jamais dei diazepan para Alex! Brometo ele tomou por 30 dias, concomitante ao Gardenal, mas não gostei da reação e cortei.
      Espero, de coração, que a Pandora supere as crises!
      Abraços!

      Excluir
  15. OS COMENTARIOS ME AJUDARAM MUITO POIS TENHO UMA CACHORRINHA PINSCHER E ELA TBEM TEM CONVULSOES E TOMA GARDENAL.AS PESSOAS ACHAM QUE É BRINCADEIRA QUANDO AGENTE FALA SOBRE O ASSUNTO MAS É MUITO TRISTE VE ELA SOFRENDO COM AS CONVULSOES AS VEZES QUERO RESULTADO IMEDIATO PRA VER ELA BOA LOGO... NA CORRERIA DO DIA A DIA AS VEZES ESQUEÇO DO HORARIO .MAS ASSIM QUE LEMBRO DOU UM JEITO DE DAR O REMEDIO A ELA.ELA É O XODO DAQUI DE CASA AMAMOS ELA MUITO E TRATAMOS ELA COM AQUELA PACIENCIA...
    ELA FOI UM PRESENTE DE UMA AMIGA E NAO DEIXO ELA POR NADA NESSE MUNDO.

    ResponderExcluir
  16. Olá, como vai você?
    Fico feliz que a postagem e os comentários de todos aqui tenham ajudado você a compreender e a lidar melhor com a epilepsia. Se não tem cura, é certo que tem tratamento. Além de tudo, ainda temos o amor que é, definitivamente, o melhor remédio.
    Abraços para você,
    Alex e Maristela, a Mana.

    ResponderExcluir
  17. meu fluck tem 6 anos e tbm teve crises de convulsão horríveis,uma por mes e semana passada duas numa noite,o vet veio aqui, pois ele é arredio e ninguem consegue por coleira nele, tiveram que laçar com cambão para poder pesar e dar a dose do gardenal,ele tem 15 kilos e ta tomando meio comp de manhã e meio a noite, mas percebo que ele ta meio tonto, comecei a dar o remedio sabado de manhã e hoje ele ta mais quietinho que nos outros dias,sera que o efeito vai aumentando conforme os dias?to tão preocupada em dar esse remedio, mudei pra sala, durmo com ele e ando pela casa atras dele de madrugada,com medo dele ter outras crises,é muito triste ver meu filho assim,e tenho medo de ter que aumentar a dose do remedio e ver ele sofrer. eu to arrasada,não tenho coragem nem de sair de casa com medo dele morrer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, mãezinha do Fluck!
      Você faz bem em dar apoio e monitorar à noite o sono dele, mas não fique assim tão tensa. Remédios para crises convulsivas demoram para fazer afeito e precisa um tempo para ajuste de doses.
      Com seis anos e sendo um animal bem tratado, é certo que ele vai resistir. Seja confiante. Um bom vet, carinho e amor.
      E acredite: sei o que você está passando.
      Um grande abraço!
      Maristela

      Excluir
  18. Olá, Maristela, é a Gisele novamente!
    A Chica voltou a ter convulsões, porém as três últimas parasse que ela meio que desmaia. Vai fechando os olhos e se desligando...sempre chacoalho-a desesperada e ela volta. Mas estou com muito medo. A veterinária falouu que provavelmente terá que dar mais um 3º remédio. Enviei um e-mail para aquele veterinário do artigo sobre convulsões e se ele responder e ajudar, posto aqui! Reza por nós, obrigada!!!

    ResponderExcluir
  19. Gisele, querida!
    Sinto muito pelo que você tem passado com a Chica. Mas é assim mesmo. Leva tempo para estabilizar. Ela desmaia quando passa a convulsão? Isso pode acontecer, mas você não precisa sacudi-la nem chacoalhá-la, pois ela não vai morrer. Apenas segure firme, para que ela não se machuque, leve para um lugar com pouca luz e pouco ruído, até passar tudo. Ela pode babar, urinar e defecar também. Isso acontece, mas passa. Alex tem usado Gardenal há muitos anos, duas vezes por dia. Nunca mais teve convulsões, mas eu jamais interrompi o tratamento. Ele faz exames de sangue todo ano e, até agora, está bem, sem sinal de estar sofrendo efeitos colaterais do Gardenal. Levou, porém, um bom tempo até estabilizar. Espero que com a Chica também isso aconteça, e que ela logo, logo, fique livre dessas convulsões.
    Um grande abraço para você! Obrigada por escrever e dividir com a gente essa angústia que afeta muitas outras pessoas também. Muita força!
    Maristela

    ResponderExcluir
  20. Escrevi até errado, tinha acabado de acontecer, não consegui dormir... A veterinária veio aqui, falou mesmo que isso pode acontecer e aumentará as doses do Gardenal e do Gabapentina, mas também dará outro remédio. Com eles, ela falou que a Chica não pode mais ter convulsões e que agora ela fez tudo o que pode. Se eu quiser ver outro passo, é procurar um neurologista pra saber se ele encontra alguma razão ou lesão.
    Meu maior medo é não ter $$ pra ajudá-la até o fim!!!
    Obrigada por dividir conosco isso e, principalmente, por ter força e coragem de ouvir e encorajar quem passa por isso também! Deus a abençoe!!!
    Vou lhe enviar uma foto dela!

    ResponderExcluir
  21. Ficarei feliz com a foto da Chica, sim! Publico no Blog, Gisele. Querida, você já esta fazendo por ela o melhor, e dando o que poucos animais têm quando adoecem. Muita gente descarta animais doentes. Outros tratam, mas sem amor. Nunca levei Alex a nenhum especialista, e foi fácil excluir causas como lesões no cérebro ou parasitas. Os exames são simples. Outra coisa importante: leva um tempo para as crises pararem por completo, mesmo com medicação. Tenha calma, não descuide dos horários, verifique se ela toma mesmo o remedinho (eles cospem às vezes), e confie que tudo dará certo.
    Obrigada pelas coisas lindas que você escreveu aqui para todos nós.
    Abraço,
    Maristela e Alex

    ResponderExcluir
  22. Ah! Fiz uma postagem sobre isso agora, pessoal!

    ResponderExcluir
  23. Enviei as fotos da Chica ontem e hoje enviei mais uma... :) É muito fofinho! De madrugada ela teve outra convulsão, mas não me acordaram avisar, pois minha mãe e minha irmã me consideram muito apavorada!! Obrigada!

    ResponderExcluir
  24. OI,TENHO UMA CACHORRA(MINHA FILHINHA AMADA) DE 16 ANOS(DAIANA),ELA JÁ TIROU MIOMAS EM 2010 E EM 2012 TEVE QUE RETIRAR ÚTERO,DEPOIS DESSA RETIRADA ELA COMEÇOU TER CRISES;LATIR FORTE E FICAR ESTICADA E DURA,MAS OCORRE EM MINUTOS E DEPOIS PASSA,ELA JÁ ESTAVA TOMANDO GADERNAL POIS RELATEI PARA O VET QUE ELA FICAVA ABRINDO A BOCA SEM PARAR,MAS FIQUEI COM MEDO DE DAR REGULARMENTE(ELE PASSOU 1/4 DE COMPRIMIDO DE 12 EM 12 HORA)EU ESTOU DANDO DE 4 A 5 GOTAS,POIS SEMPRE FICA ALGUMA COISA NA SERINGA.DEPOIS QUE COMEÇEI A DAR REGURLAMENTE 1 VEZ AO DIA ELA TÁ MAIS CALMA,POIS PASSAVA À NOITE ANDANDO DE UM LADO PRO OUTRO.VENDO SEU BLOG,VEJO QUE ESTOU FAZENDO A COISA CERTA.DAIANA TB NÃO ENCHERGA(USA OCUFEN)E NEM OUVE E SENTE CHEIRO.
    E APESAR DE TUDO VC OLHA PRA ELA E NEM DIZ TER A IDADE QUE TEM RSRSRS........

    ResponderExcluir
  25. Puxa! Ela tem 16 anos? É muito idosa. Acho que você acertou, sim. Com 16 anos ela corre mais riscos tendo convulsões do que sofrendo eventuais efeitos colaterais negativos do Gardenal. Aliás, isso demora muito tempo para aparecer.
    Alex também faz uso de Gardenal em gotas, infantil. Ele tem 9 anos e vem tomando este remédio desde pouco antes de completar dois aninhos de idade.
    Lindo o que você escreveu. Emocionante mesmo. Eu quase consigo ver a Daiana.
    Se você quiser, mande uma foto dela para meu e-mail e eu posto no blog.
    O endereço é
    maristelableggitomasini@gmail.com
    Abraços para você, e obrigada por escrever!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBRIGADA POR ME RESPONDER.VOU MANDAR A FOTO SIM.HOJE ELA TÁ DORMINDO DIRETO,ACORDOU ANDOU UM POUCO E VOLTOU A DORMIR(NO CHÃO,ÀS VEZES ELA NÃO CONSEGUR VOLTAR PRA SUA CAMA QUE FICA NA SALA,EU PENSO QUE PODE SER PELA SUA CEGUEIRA,MAS A ÁGUA E A COMIDA QUE SEMPRE FICAM PERTO DE SUA CAMA ELA ACHA),EU A PUS EM SUA CAMA,ACORDO VÁRIAS VEZES À NOITE PARA VER SE ELA NÃO ESTÁ NO CHÃO,POIS TENHO MEDO DE COM ESSE FRIO E EM CONTACTO COM O CHÃO FRIO SEU CORAÇÃO PARE DE BATER.O QUE EU COMEÇEI A REPARAR EM DAIANA É QUE ELA DORME MUITO BEM PELA MANHÃ ATÉ AS 12.00HS,MAS JÁ SÃO 16:42 E ELA CONTINUA DORMINDO.SERÁ POR CAUSA DO GARDENAL OU PELA SUA IDADE?AÍ EU ESPERO ELA RESPIRAR...E VEJO QUE TÁ TUDO BEM COM O MEU BEBÊ...UM ABRAÇO,ELIANA

      Excluir
  26. Olá, Eliana!
    Que história de amor tão bonita esta que você nos conta!Frio com a idade é normal. Ela também pode ter reumatismo e outras coisas que vêm com o tempo. Dormir é ótimo! Alex dorme bastante também e, sim, isso em parte se deve ao Gardenal.
    Mil beijos para você e para seu bebê! Escreva sempre, e mande, sim, uma foto.

    ResponderExcluir
  27. OI MARISTELA,ENVIEI AS FOTOS DE DAIANA PARA O SEU E-MAIL,ESPERO QUE DÊ PARA TER NOÇÃO DE COMO ELA É FOFA,POIS TODAS AS SUAS FOTOS DESDE PEQUENA SÃO TÃO ESCURAS QUE ÀS VEZES A CABEÇA SE CONFUNDE COM O RABO...RSRSRS.UM ABRAÇO,ELIANA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliana! Ainda não chegaram! Vou repetir o e-mail:
      maristelableggitomasini@gmail.com
      ou mtomasini@cpovo.net.
      Por favor, se eu não responder logo, reenvie, pois quero muito conhecer a Daiana!
      Abraços!

      Excluir
  28. OI MARISTELA,MADEI DE NOVO HOJE.UM ABRAÇO,ELIANA.

    ResponderExcluir
  29. O gardenal vc pinga na boca dele ou mistura em uma pequena quantidade de agua e dar com sinringa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Desculpe não responder antes, mas estava viajando!
      Eu diluo as gotas em água, coloco na seringa e faço engolir com jeitinho, cuidando para não engasgar!
      Abraços!
      Maristela

      Excluir
  30. oi! o meu poodle de 7 anos, começou a ter crises, a veterinária passou 50 mg Gardenal, Porém ele está tendo reações, como por exemplo desequilibrio nas patinhas, parece fraqueza... estou com muito receio de continuar com a medicação e ele piorar. Bjs juliana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Fale com o VET. Alex usa Gardenal infantil gotas 40ml, que é fácil de dosar. No início, pode haver reações, mas se ele convulsionar pode ser pior. A dosagem precisa ser ajustada com o tempo, Juliana, e seu VET vai orientar você com relação a isso.
      Grande abraço e melhoras.
      Escreva sempre, até para contar para a gente como está seu querido poodle.
      Bjs

      Excluir
  31. Bom dia. Em primeiro quero parabenizá-la pelo blog,estou mais tranquila desde que comecei a ler. Eu tenho uma cocker com Husky, o nome dela é Tita, ela tem 2 anos e 4 meses, é o xodó da casa. No dia 28 de abril ela teve a primeira crise, que agente saiba. Eu não vi a crise, pois foi de madrugada e ela dorme com os meus pais. Eles falaram que foi horrivel e acharam que fosse por causa do veneno que a minha mãe tinha lavado os tapetes. A segunda(em 22 de junho) eu vi, foi logo após ela acordar,não durou muito. E ontem(28/07)teve mais uma crise, dessa vez longa, nós achavamos que era dor que ela estava sentindo, não passava nunca... Custei achar veterinário,pois ontem era domingo. Até que achamos uma, e então ela disse que ela deve ter eplepisia. Mandou ela fazer um untrassom e exame de sangue. E disse para mantermos contato e que enquanto estiver dando uma vez por mes,para nao dar remedio. Ela ja nos deixou com a receita,mas disse que é uma carta na manga. Fiquei muito abalada. Tenho muito medo de perder minha filha, e tenho medo também pois na parte da tarde ela fica sozinha. Então que agente saiba foi só 3 crises, mas não sabemos se deu alguma quando ela estava sozinha. Outra coisa ela morre de medo de foguete e temporal, quando isso acontece ela bota pra treme e tenta subir encima da gente o máximo que pode. Outro medo que eu tenho é como fazer ela tomar o remédio,pois quanquer remédio é uma dificuldade de dar.
    Agradeço o espaço para o desabafo e por podemos compartilhar nossos medos.
    Bjuxx
    Vanessa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vanessa!
      Muito obrigada pelo estímulo ao blog. Espero que tudo corra bem com a Tita. A veterinária está agindo bem, pois pode ser um problema passageiro. Se não for, vai ser necessário medicar e leva ainda um tempo até acertar a dose. Tem muita coisa no Blog. Alex até hoje toma Gardenal e nunca mais teve crises. Fazer exames é importante, por convulsões podem ter diversas etiologias e só depois de descartar outras causas é que se pode diagnosticar epilepsia canina. Fique tranquila, Vanessa! E escreva sempre para gente. Dê notícias!
      Grande beijo!
      Maristela

      Excluir
  32. Olá, esse ano adotamos uma cadelinha, chamada Viscondessa, de aproximadamente 2 anos,quando foi internada na clínica de uma amiga, ela passou mal na rua,descobriu-se a eplepsia,desde então ela toma o gardenal , só q comprimidos de 12 em 12 horas,a 1 mês e meio aproximadamente teve 3 convulsões q ficamos apavorados e nunca tinha visto, mas foi internada tomou Gardenal na veia e outro medicamento associado e melhorou , tivemos q aumentar a dose para 1 comp. e 1 quarto de 12 em 12 horas,porem ontem ela teva novamente pela manhã 4 e a noite mais 4,dá uma dó de ver um ser tao dependente e indefeso sofrendo,internamos novamente,como ela engordou provalmente a dose estava insuficiente,ela volta hj eh muito querida , sofreu muito por ja ter sido abandonada,e agora mais ainda vamos dar carinho, e atenção q ela merece, é uma cadela muito dócil e carinhosa.Foi bom ter lido os outros artigos aqui,me tranquilizou muito.Que nossos cachorrinhos estejam bem pq eles merecem. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Fico feliz que Viscondessa tenha encontrado pessoas como você e sua família. Leva um tempo considerável para que o Gardenal faça efeito com cessação completa das crises. Também é preciso paciência até que se acerte a dose. É mesmo assim: melhoras e retrocessos. Não há fórmulas prontas. Tudo se dá casa a caso, cada um é exatamente do seu jeito. Fico feliz que ler os casos que estão relatados aqui no blog tenham deixado você com mais ânimo e confiança! Espero que Viscondessa fique ótima logo, logo! Grande abraço! Volte sempre e nos dê notícias da Viscondessa!

      Excluir
    2. Venho trazer notícias da Viscondessa ela passou bem durante 6 meses sem nenhuma crise.porém esses dias teve mais algumas, que vai ser controlada novamente com remédios, brometo e gardenal, estamos dando muito carinho à ela, ela é a criancinha da família rs, mas é muito ruim v~er as convulsões, mas se deus quiser com o tratamento vai controlando, e de vez em quando acredito que ela tenha algumas crises, abraços

      Excluir
    3. Adriana... Sinto muito, querida, pela Viscondessa. Espero que o tratamento dê bom resultado, e que ela melhore logo! Obrigada por escrever!
      Maristela

      Excluir
  33. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  34. Oi Maristela. Estou com Daruck há uma semana, ele tem apenas 1 mês e 20 dias. Fox Paulistinha. Nos primeiros 6 dias foi uma maravilha, super ativo, inteligente, e obediente. Aprendeu a fazer xixi no lugar no primeiro dia em casa. Mas ontem teve a primeira convulsão, leve...Fui no veterinário e mesmo tomando duas doses de gardenal, continuou e mais forte..teve 15 em menos de 12 horas. Agora ele está internado aguardando a tomografia para ver se é algo congênito, o que se for confirmado exigirá um tratamento mais forte...Uma angústia muito grande ver um filhotinho de menos de 2 meses sofrendo tanto...Apenas uma semana foi suficiente para eu e minha namorada desenvolvermos uma ligação forte com ele. Moro só e penso muito se ele conseguirá ficar sozinho ainda que por pouco tempo durante o dia e ter uma vida feliz... Estava muito arrasado até ver o seu relato. Deu energia e esperança. Muito obrigado...mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daruck é um paulistinha de sorte! E tudo vai dar certo com ele, sim. No começo, as coisas parecem sempre bem mais difíceis, e temos vontade de desistir. Mas depois estabiliza, com o tempo. Entendo bem o que é perceber, de uma hora para outra, o quanto eles são frágeis. É difícil lidar com isso, porque descobrimos que a fragilidade é nossa também. Bom saber que o blog ajudou vocês de alguma forma, Bruno. Mande notícias. Abraços a você, a sua namorada e ao querido Daruck!

      Excluir
  35. Querida Maristela,
    Minha boxer, Diana, tem quase 14 anos. Depois de tomar a dose anual das vacinas obrigatórias, teve algumas convulsões e a veterinária a diagnosticou como epilética. Ela nunca tinha tido uma única convulsão em todos estes anos. É possível que ela esteja tendo algum tipo de reação à vacina (raiva e v10)? Desde já, muito obrigada! Um abraço, Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fernanda!
      Sinto pela Diana... Se ela A) nunca teve convulsões antes ao longo de 14 anos de vida e se B) as convulsões foram subsequentes às vacinas, acredito que possa ser reação, sim. Entre em contato com o fabricante das vacinas e veja se houve casos semelhantes. Fique atenta também a novas crises... Se Diana for mesmo epiléptica, poderá ter outras crises...
      Veja no Google: [reações + vacina + raiva + cães + convulsões]
      Acho que você talvez encontre casos semelhantes.
      Obrigada por escrever, Fernanda. Abraços e mande notícias da Diana. Melhoras para ela!

      Excluir
  36. Maristela, muito obrigada pela sua ajuda! Um grande abraço e um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  37. ola meu cachorro esta com crise e diarreia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Anônimo!
      Crises convulsivas são sempre muito sérias! Bom ver um vet. Diarreia? Quando Alex tem dessas, dou apenas água (sempre água limpa e fresca para eles) e carvão ativado. Corto todo alimento sólido até passar a diarreia. Se ele estiver com gases, vale dar dimeticona (Luftal) em gotas. Dou três ou quatro para Alex, que tem sete quilos. No seu caso, contudo, bom ver um vet e saber se a diarreia não está associada às convulsões.
      Melhoras para o seu cachorro! Mande notícias!
      Abraço
      Maristela

      Excluir
  38. Ola tenho um dalmata que peguei na rua , estavamt debilitado e trouxe para casa o vet disse que ele tem 5 anos ,mais teve crises horrorosas durante uma semana , o vet disse que era convulsoes, entao receitou 5 gts de gardenal , mais nao resolvia fui aumentando ,, fui para 30 gotas aos poucos de 12 em 12 hrs, e ele continuou tendo crises , teve um dia a noite que dormi e esqueci de dar o remedio , ele acordou bem , e agora estou com medo de dar o gardenal e ele ter de novo, ja faz dois dias que nao tem dei somente 10 gots, vc acha que isso sera o necessario , ele é de porte grande , tenho tbm gardenal de 100 ml em comp, o que acha posso dar 1 por dia , como devo medica lo ele é porte grande.obrigada estou deseperada pois esse vet nao tive mt resultado com ele.

    ResponderExcluir
  39. Ola tenho um dalmata que peguei na rua , estavamt debilitado e trouxe para casa o vet disse que ele tem 5 anos ,mais teve crises horrorosas durante uma semana , o vet disse que era convulsoes, entao receitou 5 gts de gardenal , mais nao resolvia fui aumentando ,, fui para 30 gotas aos poucos de 12 em 12 hrs, e ele continuou tendo crises , teve um dia a noite que dormi e esqueci de dar o remedio , ele acordou bem , e agora estou com medo de dar o gardenal e ele ter de novo, ja faz dois dias que nao tem dei somente 10 gots, vc acha que isso sera o necessario , ele é de porte grande , tenho tbm gardenal de 100 ml em comp, o que acha posso dar 1 por dia , como devo medica lo ele é porte grande.obrigada estou deseperada pois esse vet nao tive mt resultado com ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alessandra!
      Obrigada por escrever. Quem deve opinar é sempre o veterinário. Minha experiência pessoal, todavia, relativamente ao caso do Alex, implicou em manter o Gardenal. Leva um tempo até as crises cessarem, mas depois que elas cessam,é preciso continuar a usar o remédio, diminuindo a dose muito lentamente. Alex pesa 7 quilos. Tomada 12 gotas duas vezes ao dia e agora consegue manter-se livre de convulsões com apenas 3 gotas a cada 12 horas. Veja quanto pesa seu companheiro e amiga e calcule a proporção. Acho que isso é bem mais fácil quando o Gardenal é dado em gotas. Nunca usei comprimidos, pois seria impossível dosar. Mande notícias!
      Grande abraço!
      Maristela

      Excluir
  40. Olá,tenho uma poodle de 4 meses que teve uma convulsão durante a primeira tosa,ela deve ter ficado em pânico e acabou desencadeando isso,ela teve uma outra há 2 semanas durante aplicação de um remédio par otite,às 2 foram devido a medo pq ela tem medo de td. Ela tomou um injeção de gardenal e ficou mole e meio "dopada" o dia inteiro,reclamou algumas vezes como se tivesse com dor tbm. Com o Alex foi assim? No início ele ficou mt prostrado? Obrigada por compartilhar sua experiência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ísis!
      Eu é que sou grata a você por ter escrito. Sim, Gardenal provoca certa inibição motora. Eles ficam molinhos. Ficam zen,mas livres de convulsões. Alex nunca usou Gardenal injetável,e acredito que os efeitos da injeção sejam potencializados, o que causaria uma prostração ainda maior. Outra coisa, Ísis. Sua poodle é muito novinha! Se já apresentou quadros frequentes de convulsão, em ocasiões variadas, sob stress, isso pode indicar que é epiléptica. Se for (só um vet pode dizer isso depois de observar o comportamento dela e realizar alguns exames) vai precisar de medicação de uso contínuo. Ela foi desverminada? Come porcarias na rua? Pode ter lambido algum produto químico? Bom investigar também causas paralelas que podem levar ao aparecimento de crises convulsivas. Espero ter ajudado. Cuide bem de sua poodle. São carinhosos, meigos. Cachorro é tudo de bom! Mande notícias! Abraços e melhoras.

      Excluir
  41. Oi Maristela, ela voltou da revisão do vet hj e já começou a tomar o Gardenal gotas,toma 3gts de 12 em 12h,ela tá bem melhor agora,mas parece que vai ficar molinha assim durante uma semana até se adaptar a medicação =/ O injetável foi só na hora pq ela estava muito nervosa, pra fazer efeito mais rápido. Já foi desverminada,ñ sai na rua,mas estava com muitas pulgas, e juntando o stress da pulgas mais eventos q deixam ela muito nervosa pode ter desencadeado isso,agora ela está livre de pulgas e medicada, é torcer pra ela se adaptar o mais rápido possível a medicação :)
    Obrigada,abçs :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Isis,
      Desculpe só responder agora. Como estou em viagem, nem sempre tenho acesso pleno a todas as mensagens. Fico contente que tudo esteja andando bem. Para um filhote, a dose de três gotas a cada doze horas deve ser bastante eficiente. Você tem toda razão ao perceber que pulgas são de fato um fator que atua muito no aumento da ansiedade. Quanto à adaptação,fique tranquila. Gardenal é usado há muitos anos,é eficiente e a imensa maioria se adapta perfeitamente bem à rotina da medicação de uso contínuo. Importante,Ísis,é não interromper. Mais uma vez, desculpe pela demora no retorno.
      Obrigada por escrever!
      Grande Abraço,
      Maristela

      Excluir
    2. Alguém escreveu uma mensagem que chegou na minha caixa postal, mas que não aparece aqui.
      Diz assim:
      "Tenho um filhote com esse diagnostico. Toda vez que ele convulsiona, eu choro. Enrolo numa toalha e fico com ele no colo ate a crise passar. Vou iniciar o tratamento com gardenal. Como devo ministrar as gotinhas de gardenal ? Abro a boca e pingo na lingua dele? O vet eh do tipo pratico, filhote com defeito deve ser eliminado. Eu nao vou fazer isso. Se ele veio ao mundo dessa maneira, existe um proposito nisso Aguardo seu post. Obrigada. N"....
      .....................................
      Caro N,
      Fiquei comovida ao ler sua mensagem. Há muita gente que realmente pensa que o melhor para eles é sacrificar... Mas epilepsia canina pode ser controlada! Demora um pouco acertar a dosa, mas tudo volta ao normal. Pode não ter cura, mas tem tratamento. Você está certa agindo assim: enrolar na toalha e levar para um quarto silencioso e longe de muita luz. Gardenal gotas? Você dilui.Pingue as gotas em uma colher de sobremesa de água.Instile numa seringa (sem agulha), abra a boquinha dele com cuidado e devagar esvazie o conteúdo.
      O número de gotas é dado de acordo com o peso. Normalmente de 12 em 12 horas.
      Boa sorte!
      Grande abraço e obrigada por escrever!
      Maristela

      Excluir
    3. Prezada Maristela,
      Postei a msg acima, meses atras. Meu filhote tem quase 6 meses e mais de 10kg. O vet diagnosticou epilepsia e indicou gardenal infantil gotas. Ocorre que gardenal eh remedio controlado e segundo o vet, nao pode ser prescrito por veterinario. Essa informacao procede ? Gostaria q partilhasse a sua experiencia com o Alex em relacao a esse topico: aquisicao de medicamento. Grata. N

      Excluir
  42. Tenho uma dálmata que cruzei com meu labrador , mas uma coisa muito estranha esta ocorrendo, a xana dela está enorme , ou seja está crescendo isso é normal ? , minha mãe disse que nasceria agora em dezembro , devo separar ela do labrador ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Gostaria muito de poder ajudar, mas não tenho conhecimentos técnicos que ajudem você quanto a isso. Nem saberia dizer se é, de fato, um problema ou se é sinal de parto próximo.
      Abraço, e obrigada por escrever
      Maristela

      Excluir
  43. Minha gatinha tem epilepsia tbm toma gardenal de 12 rm 12 horas 4 gotinhas...mais as vzs ainda tem crises convulsivas fracas...ela so baba coisa de segundos....mais mesmo assim a gente wse morre dever a crise e bem triste

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei como é, Anônimo! Bom que você cuida dela. Com Gardenal é possível controlar bem as crisas. Com o tempo, até mesmo essa, bem fraquinha, tende a desaparecer. Boa sorte e abraços para você! Obrigada por escrever para a gente!

      Excluir
  44. Olá estou aqui para contar o meu caso...a minha cachorrinha estava apenas no 20 dias, quando por acidente meu marido pisou na cabecinha dela, foi muito triste, ficamos desesperados, levamos imediatamente ao Vet, foi medicada, e voltamos pra casa, começaram as crices de convulçoes, e um avc, agora esta melhor, bem ativa e brica bastante, fazemos tratamento com 2 gotas de Gardenal 1 x ao dia, por ela ser filhote ainda, mas tenho medo que ela fique com sequelas graves, pois tem dificuldade de equilibrio, será q é por conta do Gardenal, ou é muito cedo pra falar? GOSTARIA QUE ALGUEM ME AJUDASSE, ela tem 2 meses e é Shitsu!!! Desde ja agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Priscilla!
      Que sofrimento o seu! Por outro lado, felizmente, ela se salvou. Continue dando Gardenal, pois ele evitará as crises. Quanto a sequelas, não creio que seja do remédio, considerando a gravidade do acidente... Gardenal pode deixá-la bobinha, calma, mas não chega a transtornar a marcha, afetando a coordenação motora. Com apenas dois meses de idade, é preciso esperar. Antes dos três eles são muito bebezinhos. Nem sair à rua podem. Imunidade? Só depois das vacinas... É cuidar bem dela. Espero que tudo dê certo para vocês. Agradeço por você ter contado sua história aqui e gostaria de ter mais notícias suas. Se quiser, escreva direto para meu e-mail pessoal (maristelableggitomasini@gmail.com).
      Força! Abraço forte, Priscilla!

      Excluir
    2. olá, boa noite. Amei o seu blog, seu Alex é muito lindo. Goastaria de compartilhar com voces que também tenho uma linda Chiquinha com eplepsia, desde janeiro do ano passado começaram as crises, em maio deu varias crises, foi a madrugada inteira, achei que ia perde-la, mas graças a Deus levei a vet, esta muito bem hoje ela toma 1 comprimido de 8 em 8horas, a dra mudou varias vezes a dosagem, mas agora esta bem. Inicio de dezembro deu doença do carrapato começou com sangramento,mas tratamos muito bem dela esta bem agora. Chiquinha era de rua ficava aqui na praça adotamos em 2004. Amo muito ela. minha mae faz tratamento psquiatrico ano passado adotamos uma que apareceu aqui na rua, ela colocou o nome de Bolinha, tem feito muito bem para ela. Maristela gostaria muito que olhasse esse endereço: açaoentreamigos canilleopoldina, ano passado precisávamos de dinheiro para castrar uma cachorrinha de rua e fizemos um brecho na praça e conseguimos, continuamos fazendo para ajudar os caes que se encontram no canil, esta sendo muito gratificante...um abraço e fique com Deus, tudo de bom...

      Excluir
    3. Olá, Maura!
      Fico feliz em saber que as crises foram controladas... É assim mesmo. Demora um pouco, mas depois tudo fica tranquilo. Parabéns pela ação. É importante ter quem faça pelos animais de rua, abandonados e até maltratados. Obrigada por escrever! Beijos!

      Excluir
  45. Ola Maristela, tenho uma Griphon de 10 anos,Sophia, e agora começou a ter crises epiléticas. Ela desmaia ao poucos, defeca e faz pipi, fica grunhindo. Depois vai recobrando a consciencia e em 5 minutos está normal. A neuro recomendou 10 gotas de Gardenal, pois 5 nao surtiu efeito. Percebi q ela está ofegante, será normal ? Sei q nao é facil o ajuste, e torço q as crises passem. Tb fico olhando ela dormir, assustada q ela possa entrar em crise. Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Chris!
      Sim, aumentar a dose até resolver. Foi desse jeito com Alex, pois nunca se sabe quanto é necessário para evitar as crises. Ela já tem 10 anos, e isso é bom. Quando começam a tomar Gardenal muito cedo, como Alex, os efeitos colaterais podem ser ruins. Vai dar tudo certo com Sophia! Confie! Alex chegou a tomar 12 gotas a cada 12 horas. Beijos! E obrigada por escrever!

      Excluir
  46. Oi maristela.começei a dar gardenal em gotas pro meu rotwailler,mas ele esta ofegante e começou a chorar,ele pesa de 25 a 30 kilos quantas gotas de gardenal seria o ideal pra ele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rafael! Pela lógica da quantidade, eu dava para Alex 12 gotas a cada 12 horas, isso com ele pesando 7 quilos. Era uma dose alta, mas evitava as crises. Então, pela lógica da quantidade, sua rotwailler está recebendo uma dosagem média. Se está ofegante, com dificuldade respiratória, é bom ver um vet... choro? Observe se come bem, tem apetite, se gosta de passear. Ninguém conhece melhor o cachorro que o dono. Obrigada por escrever. Abraços!

      Excluir
  47. Oi! Eu ganhei um cãozinho e cuido dele como um filho, faço tudo que tem q ser feito., vacinas, vermifugos a cada tres meses e vai completar um ano q toma gardenal comprimido(o veterinário q receitou) ontem ele teve uma crise e hj novamente. É mto triste, ele toma meio comprimido a cada 12 hrs de 100. Hj depois da crise dei mais meio, quer dizer tomou um comprimido e meio é mto? Ele vai fazer 4 anos em maio. Qual a dosagem devo dar? Pode ser um comprimido e meio?

    ResponderExcluir