quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Feliz 2009!

Quero desejar a todos um 2009 cheio de alegrias, realizações e muita felidade, saúde, força & união, esperando que continuemos a nos encontrar aqui por muitos e muitos anos mais.

Cachorrinho de Jardim

Sou mais asfalto que grama, mas juro que não cavocaria um jardim. Aliás, nunca entererrei um osso na vida! Só escondi bolachinhas nas cobertas da cama da Mamãe.

Entre as Marias-Sem-Vergonha do Jardim

A Tia Lylia

Em pé na Janela

Na Janela

Sentado na janela na casa da tia Lylia, que está ali atrás de mim.

Passeio com a Mana

Fomos hoje visitar a tia Lylia, que me adora. Tiramos fotos por lá.

A Guaraná da Mana


É a guaraná que a Mana gosta de tomar, mas que em São Paulo não tem... Bem, são coisas daqui do RS. Tem sabor de frutas. Lembra um antigo Guaraná da Polar. Ano Novo aqui em casa vai ter guaraná.

Adoro um Colo!

Decididamente, desde pequeno, quando me tornei um membro dessa família, fui habituado a ganhar muito colo, comidinha da boca, banho toda semana e, ainda por cima, total liberdade aqui em casa, onde eu posso andar por tudo e subir nas camas também, até porque eu durmo com a Mamãe.
Mesmo assim, não sou arteiro nem destruidor. Ao contrário, sou um cachorrinho bem comportado e amistoso.
A Mana se orgulha de poder dizer que eu nunca dei trabalho nem aprontei. Na rua, também sou comportado e alegre com todo mundo, pois tenho um monte de amigos aqui no bairro, pessoas que gostam de mim e me conhecem pelo nome. Sempre que saio, lá vem um "OI, ALEX!"ao que eu respondo alegremente abanando o rabo.

A Mana e a Irmã Esther

A Mana


No tempo dos vestidinhos de broderi e cabelo preso em coque, meias e sapatos de verniz.

Do Fundo do Baú

A vovó Josephina, o vovô Paschoal, a tia Lylia, a tia Lygia e, sentadinha na mesa, a Mamãe quando era nenê. Não parece, mas até as mães também foram crianças um dia. Faltou o tio Lothario, mas ele ainda não era nascido.

O Irmãozinho Querido da Mana

O Filhinho da Mamãe

Mamãe e os quadros que ela pintou

Mamãe no Shopping Total

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

A Mana e o Papai Noel

Totoio, o vira-lata muito amado

Era um cachorro de praia. Ninguém sabia de onde vinha nem a quem pertencia, mas a verdade é que, todos os anos, aparecia para veranear com a Mamãe e com a Mana. Só dava alegrias. Era alegre, companheiro, fiel e completamente livre. Um vira-lata de pêlo brilhante e rabo peludo, torcido sobre o dorso. Tinha charme e elegância. Ia e vinha quando queria. Um ano, porém, não apareceu. Procurado até nas praias vizinhas, soube-se que havia morrido atropelado. Deixou uma saudade enorme. Foi vazio o verão em que não apareceu mais. Dele existe esta e talvez outras fotos, e muitas, muitas lembranças felizes das alegrias que proporcionou.

Toby


Este era o Toby. Ele pertencia a uma família vizinha lá da praia e era um cão de guarda. Gostava muito da Mana e da Mamãe, e sempre que elas chegavam para o veraneio, o Toby passava boa parte do tempo com elas. Toby teve uma morte trágica, infelizmente. Levou um tiro de um veranista que achou que ele iria atacar uma criança. Não ia. Era um cachorro pacífico que só impunha respeito por causa do tamanho.

Dum-Dum

Ele deixou saudades quando partiu. Era um cachorrinho arteiro e, provavelmente, daria muito trabalho. Mesmo assim deixou boas lembranças.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Em Família

Eu, mimado pela Mana e pela Mamãe.

domingo, 28 de dezembro de 2008

Dum-Dum

Este aí era o DUM-DUM, um cachorrinho que já foi membro da família. Era um poodle danado de arteiro que quese levou a Mamãe à loucura de tanto que latia e fazia bagunça. Isso foi há uns vinte anos atrás... No tempo em que a Mana era morena.

Mana em topless

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Feliz Natal!

Oi, pessoal!
Todos em casa hoje. Passamos o Natal aqui, aproveitando o feriado numa Porto Alegre calma e tranquila.
Queria dizer a todos os que visitam esse blog, que lhes desejo um Natal muito, mas muito feliz, cheio de paz e de luz, de amizades verdadeiras, sucesso, união e boa vontade.
Beijos e Abraços meus, da Mamãe e da Mana.
Saúde & Força!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Gordo, o boêmio


Gordo,o paulista, volta a aparecer por aqui. Desta vez, mandou fotos e um Feliz Natal para Porto Alegre e para todo o Rio Grande do Sul.

Gordo: o cachorro do consultor.


O Gordo é famoso lá em São Paulo, quase tanto quanto o pai dele, o tio que escreve o GESTÃO DE PESSOAS, blog indicado aqui. Parece que regula de idade comigo, mas, sabidamente, tem outros hábitos, muito diferentes dos meus.
É que o Gordo é um cachorrinho boêmio. Isso mesmo. Ele é da noite. Diz o pai dele que, todos os dias, religiosamente, depois de comer e dormir, lá pela uma da madrugada, ele acorda, espreguiça-se e pede para sair.
E sai. Vai para a noite, baladas, com certeza. Altas rodas, pois consta que o Gordo é muito bem relacionado nos meios executivos, razão pela qual aparece aí usando gravata. Ele também adora passear de automóvel.
Gordo é altamente profissional. Cachorro paulista, ora. É um executivo, enfim.
Bem, não é de estranhar. É um paulista nato. Independente e completamente liberal. Ora, ser paulista é saber conviver com as diferenças, é saber ser o que é, deixando que os outros todos continuem sendo o que são; ser paulista é também saber entrar e sair das tribos todas que se formam num círculo de quase 20.000.000 de habitantes. Só a capital, tem hoje 10.990.249 habitantes. E isso ensinou os paulistas a saberem respeitar as diferenças.
Pudera, sozinho, SP responde por quase a metade de todo o PIB do Brasil. E gostam também de quem é de fora, ou meu BLOG aqui não teria a audiência que tem por lá.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Satisfaction

Esta foi uma foto e tanto.... NIKITA caprichou na pose, hem?

Muita FESTA!

Tudo é FESTA!


Nada como um colinho!

Elas são Fashion! Over Fashion!


Mãe e Filha

Eu: muito à vontade no colo da Vanessa.


Rosa & Lilás

A NIKITA arrasou com essa produção! Parou o Shopping Total, porque todo mundo queria ver se ela era de verdade mesmo.

domingo, 21 de dezembro de 2008

Encantadoras!


Nikita e Vanessa. Elas vieram!

Encontro Marcado

Ao aguardo da NIKITA, que se preparou toda pra me encontrar, com a aprovação da VANESSA, Mamãe dela, vizinha a amiga da gente. A NIKITA é fantástica, uma cachorrinha de vanguarda, pós-moderna e absolutamente espetacular!

Indiana Bar

Eu sei me portar corretamente à mesa. Por isso sou bem recebido e muito bem tratado em toda parte aqui na vizinhança.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Consegui subir aqui!

Não sou gato, mas consegui pular da cadeira e subir aqui sozinho.

Ambrosia! Adoro Ambrosia!


Escorregando

No Sofá


Sexta

Adoro posar para fotografias. Fiz uma sessão de fotos hoje com a Mana.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Paisagem

Se vocês clicarem na imagem, podem ampliar e ver o cachorrinho particolor que a Mamãe pintou, muito antes de eu aparecer por aqui.

Copos-de-Leite

Faisões

Natureza morta pintada pela Mamãe.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Me, the DOG in the world!

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

O Protetor

Gravura de um almanaque antigo. O gatinho busca proteção entre as patas do cachorro grande.

Eram 67 cidades. Agora são 103!


Eram 10. Agora são 24!