quarta-feira, 8 de julho de 2015

Billy, o terrível

Apesar da fama de terrível, de mordedor, de violento, de intratável... Apesar de ter feito até tratamento psicológico (gente! Eu posso?!)... Apesar de muitas vezes ter tomado banho em pet usando focinheira... Apesar de toda essa agressividade lendária, estive ontem com o Billy e ele me cobriu de beijos! Lindo! Fofo! Querido! Pois é... Cachorro é tudo de bom! Mesmo os que têm fama de malvadinhos! 
Ora! Não dizem tanto que os brutos também amam?

Nenhum comentário:

Postar um comentário